28 de set de 2009

Festejos do 20 de Setembro em Pedro Osório e Cerrito



As cidades de Pedro Osório e Cerrito festejaram a data de 20 de Setembro com um bonito desfile de cavalarianos, muitos pertencentes ao Sindicato Rural das duas cidades, além de outros apaixonados pela tradição campeira. Foi gostoso sentir a vibração em uníssono, o entusiasmo das pessoas, mobilizadas com a idéia de assistir a um espetáculo ímpar. Grande público prestigiou ao hasteamento das bandeiras.

Muitas moças e crianças vestiram seus trajes gaúchos, para melhor prestigiar a cerimônia. De maneira geral, as jovens, hoje em dia, se sentem mais à vontade nas bombachas femininas que nos vestidos de prenda. Os tempos mudam e é natural que os costumes se adaptem aos novos gostos, embora algumas correntes tradicionalistas sejam contrárias à idéia, por considerarem seu dever a obediência às tradições.

Após o desfile ocorrido pela manhã, na cidade de Pedro Osório, os cavalarianos voltaram ao Sindicato Rural, onde foram recebidos com um churrasco em que, mais uma vez, ficou evidenciado o espírito de confraternização do gaúcho. Pois, com a idéia de alimentar a sua turma, cada núcleo chegava com a carne necessária para aplacar a fome dos seus, perguntando onde poderiam se instalar e preparar o fogo. Sugerido que se unissem aos outros, à volta do fogo de chão, a idéia sendo aceita, foi organizado um único e grande churrasco,com vários grupos em torno. Tendo inclusive o COMUDE participado, estabeleceu-se o clima de união e concórdia pretendido, pela certeza de que as diversas lideranças precisam se unir, para mais construir e crescer.



O momento de confraternização contou com a presença do prefeito e do vice-prefeito de Pedro Osório e de algumas autoridades municipais.

À tarde, partindo do Sindicato Rural, os cavalarianos se dirigiram a Cerrito, onde também foram recebidos pelo prefeito da cidade, dando-lhes as boas-vindas.

Pela manhã, após o desfile, que da mesma forma aconteceu em ordem e respeito, sem qualquer tipo de tumulto, como infelizmente às vezes acontece, voltaram os participantes para a sede do Sindicato Rural. Lá, já sabiam que os esperava uma belíssima ambrosia, preparada desde as primeiras horas da manhã pelo corajoso Bizo (apelido de Ibsen Francisco Vianna), que há muito acalentava o desejo de fazer essa experiência. Com 360 ovos, outro tanto de leite e de açúcar, auxiliado pelos familiares, mas com coragem e garra todas suas, Bizo preparou, em banho-maria, a ambrosia que a todos deliciou.



Assim, graças ao trabalho das prefeituras de Pedro Osório e Cerrito, do Sindicato Rural das duas cidades, do COMUDE e de muitas pessoas de boa vontade, a data magna gaúcha foi festejada com alegria, união, respeito e harmonia _ tudo pelo que o Rio Grande se ergueu em armas, quando disso se achou privado.

5 comentários:

Marcela disse...

Eu estava lá! E confirmo: um belo desfile, um bom churrasco e uma ambrosia deliciosa!!!
Beijo tia!

ceres disse...

FIQUEI REALMENTE COM AGUA NA BOCA ! CHURRASCO E AMBROSIAS! QUE DUPLA GLORIOSA PARA HOMENAGEAR O NOSSO PAGO! MAS CADÊ A FOTO DA GAUCHIHA STELA? BEIJOS.CERES

Ruthe disse...

Deve ter sido uma bela festa para o corpo e a alma. Adorei as fotos!

Ruthe disse...

Agora, sim, a crônica ficou completa! Neta e Nora, uns amores!

Anônimo disse...

Conheço o Bizo há muito tempo e não sabia de suas qualidades de doceiro, fiquei babando com tantas guloseimas e principalmente feito por amigos de tantos pagos.