28 de mar de 2011

Chegada ao Rio de Janeiro, no Costa Serena


Ao amanhecer, chegamos às proximidades do porto do Rio de Janeiro. A visão proporcionada pela Baía de Guanabara é um presente de boas-vindas. Por sorte, podemos acompanhar a chegada no conforto da cabina. Quando possível, a opção por cabina externa, em cruzeiros marítimos, costuma ser interessante. Contudo, na partida, teremos que nos deslocar a outro local do transatlântico, porque, nessa ocasião, a nossa cabina estará voltada para o oceano.

Primeiro, vemos o Pão de Açúcar, com o Cristo Redentor a abençoar a cidade, lá em cima. Depois, enquanto o Costa Serena avança, morros e praias se sucedem, em beleza ímpar. Ao alcançar o porto, destaca-se a Ilha Fiscal, o lindo palácio onde se realizou o último grande baile do império, em homenagem aos oficiais do navio chileno Almirante Cochrane, em 9 de novembro de 1889, pouco antes da queda do império, ocorrida em 15 de novembro de 1889, com a Proclamação da República brasileira.


O café da manhã chega à hora exata em que o navio aporta, magistralmente, ao lado de outro grande transatlântico. Um terceiro, da Carnival, vem logo atrás.

Pena que a água da baía esteja suja e mal cuidada. Aliás, em todos os portos brasileiros a água estava poluída. Fala-se tanto em preservar os oceanos, mas o discurso não parece coincidir com a realidade, nos nossos portos. 

O pier de entrada é o melhor e mais atraente que encontramos, neste cruzeiro que partiu de Savona, na Itália, passando por Barcelona, Lisboa, Funchal e vários portos nacionais. Há muitas lojinhas, com artigos que agradam aos estrangeiros, como sandálias Havaianas de estilo, bijuterias com pedras brasileiras, tudo a preços exorbitantes.

Desembarcamos e saímos a pé, indo até a Catedral da Candelária, com lindas imagens, vitrais, bancos entalhados em madeira. Sempre caminhando, chegamos até a Confeitaria Colombo.
Circulamos um pouco pela Rua do Ouvidor e pela Avenida Rio Branco. O centro do Rio está bem cuidado.


Pegamos um táxi e vamos até a Churrascaria Porcão, no Aterro do Flamengo, com uma vista deslumbrante da praia. Fechamos com fêcho de ouro e uma deliciosa refeição esta viagem.

Às 18h, o Costa Serena zarpa, em direção a Santos, onde terminará este cruzeiro de 18 dias. 

 martafscosta@gmail.com

Nenhum comentário: